Moradores de Pombal denunciam depredação de antiga estação de trem pela prefeitura e descarte de materiais históricos

 Moradores de Pombal denunciam depredação de antiga estação de trem pela prefeitura e descarte de materiais históricos
Compartilhar

Muitos arquivos e documentos, além de diversos discos de vinil estão entre o material que foi jogado no lixo.

Moradores do município de Pombal, no Sertão paraibano, denunciaram que, no último fim de semana, a Prefeitura de Pombal mandou arrancar e aterrar trilhos, agulhas e sinalizadores do triângulo de manobras do trem da estação da cidade. Só ficaram dois trilhos de uma única linha férrea. Além disso, mobiliários e ferramentas da antiga estação foram retirados da garagem e jogados ao relento. Os moradores acreditam tratar-se de um crime contra a memória da cidade.

Várias das peças jogadas foram levadas por transeuntes e coletores de lixo. Em um vídeo compartilhado nas redes sociais é possível ver muitos arquivos e documentos, além de diversos discos de vinil entre o material que foi jogado no lixo (veja o vídeo abaixo).

Ainda de acordo com os moradores, depois que a garagem foi desocupada, o espaço foi dividido em quatro ambientes para serem explorados por comerciantes, cuja seleção não se sabe como foi feita.

O ClickPB tentou contato com a Prefeitura de Pombal para apurar as denúncias, mas os telefones da prefeitura apenas chamam e ninguém atende.

Por clickpb

Todos os comentários são de responsabilidade dos seus autores.