França impõe quarentena a viajantes do Brasil e outros países

 França impõe quarentena a viajantes do Brasil e outros países
Compartilhar
Pub - Inferior notícias

Governo exige que turistas fiquem dez dias em isolamento além de tornar mais rigorosas as condições de entrada no país.

A França obrigará viajantes do Brasil, Argentina, Chile e África do Sul a ficarem isolados por dez dias, por medo da expansão de variantes do coronavírus, além de tornar mais rigorosas as condições de entrada no país.

A partir do dia 24, apenas cidadãos franceses e seus companheiros e filhos ou residentes poderão viajar a partir do Brasil.

Para entrar, será necessário apresentar antes do embarque um teste PCR negativo de 36 horas anteriores ao voo, ao invés de 72 horas, ou um PCR negativo das 72 horas anteriores juntamente com um teste de antígeno de menos de 24 horas que será feito na chegada a França.

Quem chegar do Brasil deverá ficar obrigatoriamente isolado por dez dias e haverá controles para garantir que a medida seja respeitada.

As mesmas medidas serão aplicadas a partir do dia 24 aos viajantes da Argentina, Chile, África do Sul e Guiana Francesa, onde se constatou uma presença significativa da chamada variante brasileira, embora neste caso o governo tenha decidido não suspender os voos.

No comunicado, o governo francês informou que em breve outros países poderão ser acrescentados na lista.

Desde janeiro, a França tem restringido as condições de viagem com países fora da União Europeia, permitindo apenas residentes ou por motivos de força maior e com a condição de apresentar PCR negativo, além de se comprometer em ficar uma semana em quarentena.

Agora, haverá um sistema de verificação antes do embarque para confirmar se o viajante tem um local adaptado para o isolamento de dez dias, que pode ser controlado pela Polícia Nacional ou pela Gendarmaria, que aplicará multas caso a lei não seja respeitada.

 Da EFE

Todos os comentários são de responsabilidade dos seus autores.