Bolsonaro chega a MG para inaugurar obras de infraestrutura

 Bolsonaro chega a MG para inaugurar obras de infraestrutura
Compartilhar

Presidente segue para São Roque de Minas onde participa da cerimônia de lançamento da Jornada das Águas, nesta segunda (18)

O presidente Jair Bolsonaro desembarcou, nesta segunda-feira (18), no Aeroporto Romeu Zema, em Araxá (MG), por volta das 9h30. O presidente não falou com a imprensa. Sem máscara, seguiu direto para cumprimentar apoiadores que o esperavam na entrada do terminal.

Ele foi recebido pelo prefeito da cidade, Robson Magela. Na companhia do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, Bolsonaro seguiu de helicóptero para São Roque de Minas, onde participa da cerimônia de lançamento da Jornada das Águas – que vai partir da nascente do rio São Francisco e percorrer os nove estados do Nordeste. 

A iniciativa visa inaugurar obras de infraestrutura sanitária e de abastecimento, além de firmar compromissos de novas entregas que ampliem a oferta de água potável e esgoto tratado em áreas de baixo desenvolvimento socioeconômico. 

Entre as principais obras que serão entregues durante a Jornada das Águas está o Ramal do Agreste – uma tubulação de 70,8 quilômetros de extensão e capacidade de vazão de oito mil litros de água por segundo, que abastecerá cerca de 2 milhões de pessoas em 68 cidades do estado de Pernambuco. A obra faz parte do eixo leste da integração do rio São Francisco e foi feita para sanar os problemas de abastecimento em uma região conhecida por grandes períodos do ano sem chuva.

Durante o evento, de acordo com o Governo Federal, será anunciado o aporte de R$ 5,8 bilhões em investimentos previstos no processo de capitalização da Eletrobras. Do total, serão R$ 3,5 bilhões para as bacias do rio São Francisco e do rio Parnaíba e R$ 2,3 bilhões para as bacias que integram a área de influência dos reservatórios das usinas hidrelétricas de Furnas.

Também serão anunciados R$ 20 milhões para obras complementares na barragem de Jequitaí, como realocação de pontes e galerias. Para a construção da barragem, será lançado Edital de Chamamento Público – PMI (Proposta de Manifestação de Interesse) pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).

Todos os comentários são de responsabilidade dos seus autores.